Novidades

Peeling ajuda no tratamento do melasma

Peeling ajuda no tratamento do melasma
Faça Parte da Maior Comunidade de Mulheres Contra o Melasma

Entre Você Também Para Nossa Lista VIP e Receba Dicas Exclusivas.

Peeling ajuda no tratamento do melasma

No artigo de hoje iremos falar sobre como o peeling ajuda no tratamento do melasma. Vamos entender melhor como ele funciona, como ele pode ajudar no tratamento, quais são seus benéficos, seus perigos na pele e como funciona o seu procedimento em nosso organismo e como é o procedimento executado na prática.

Primeiro de tudo vamos entender o que é o peeling?

O peeling é uma técnica de clareamento da pele, que utiliza portanto como seu principal agente redutor de manchas o ácido tricloroacético. Esse método é certamente um dos únicos procedimentos da medicina estética capaz de promover a renovação celular, sendo assim ele estimula a regeneração natural dos tecidos, ou seja, ele faz sua pele se renovar ocasionando assim uma troca das camadas da sua pele saindo uma antiga e entrando uma nova.

Como ele funciona?

Durante o procedimento há principalmente a aplicação de substâncias químicas com intuito de eliminar as manchas. Esse processo pode ser químico utilizando ácidos, ou então o físico através de processos mecânicos.

Como ele pode ajudar no tratamento do melasma?

Esse procedimento é muito eficiente na retirada das manchas, pois durante seu procedimento há uma renovação da camada superficial da nossa pele, gerando assim uma amenização do melasma em nosso rosto. Você pode ver isso na prática na imagem abaixo:

Peeling ajuda no tratamento do melasma

Quais são seus benefícios?

O peeling superficial é o mais indicado para pessoas que possuem o melasma. Porque ele atinge a epiderme(a primeira camada as pele e também a mais superficial), sendo assim é possível portanto a redução das manchas do melasma, além disso ele ainda preveni os cravos e espinhas.

Quais são seus perigos?

Após o procedimento do peeling é provável que possa se gerar uma hiperpigmentação em sua pele, ou seja, como nós que já possuímos melasma utilizar esse procedimento poderia ser muito perigoso aos nossos olhares porque o possível efeito colateral seria entretanto a piora das nossas manchas.

Como é o procedimento na prática?

-Primeira etapa (Limpeza de pele)

O procedimento se inicia primeiramente com uma limpeza de pele completa em seu rosto, depois disso então o esteticista retira todos os cravos e espinhas da nossa pele.

-Segunda etapa (Esfoliação facial)

Nessa segunda etapa ha portanto dois tipos de procedimentos, a esfoliação química ou a física. É nessa etapa que ocorre enfim a renovação e proteção da camada superior da pele e também ocorre a tirada de todas as impurezas presentes em nossa pele.

-Terceira etapa (Máscara Calmante)

Na última etapa costuma-se aplicar nas pacientes uma máscara calmante, para tirar toda a oleosidade natural da pele.

Como funciona o procedimento em nosso organismo?

1-Limpeza profunda em nossa pele

2-Esfoliação completa retirando todas as impurezas

3-Limpesa de toda oleosidade

Se você já utilizou esse método, conte para gente como foi sua experiência, ela foi positiva ou negativa?  Se você ficou com alguma dúvida sobre algo relacionado sobre como o peeling ajuda no tratamento do melasma , sinta-se à vontade para escrevê-la nos comentários. Teremos um imenso prazer em responder. Ou se você apenas gostou do artigo mais não teve nenhuma dúvida comente aqui também sua opinião sobre ele.

OI, tudo bem?

o que você achou desta matéria? Nos conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre Você Também Para Nossa Lista VIP e Receba Dicas Exclusivas.

Faça Parte da Maior Comunidade de Mulheres Contra o Melasma

Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram